Dicas para acelerar o metabolismo e emagrecer no inverno

Dicas para acelerar o metabolismo e emagrecer no inverno
No inverno, nosso corpo geralmente gasta menos energia e o nosso metabolismo fica mais lento. A necessidade de ingestão de alimentos também aumenta, assim como o desejo em comer mais carboidratos.
É comum as pessoas ganharem de 1 a 2 quilos durante o inverno. O único problema é que se não houver redução do peso depois, a gordura se acumula, ficando mais difícil ainda de perdê-los.
Nosso sistema imunológico queima menos gordura durante o inverno, a fim de economizar energia contra doenças como gripe, resfriados e bronquite. Para se ter um corpo saudável no inverno, você tem que trabalhar no fortalecimento do sistema imunológico que por sua vez, depende de uma boa nutrição.
Obviamente, uma redução de atividades físicas durante o inverno também leva a um ganho de peso. Por isso é importante deixar a preguiça de lado e não desistir de praticar exercícios.

Como acelerar o seu metabolismo no inverno:

●Beba água mesmo sem sede:
A água é essencial para todas as reações metabólicas que acontecem no nosso corpo. Durante o inverno, perdemos menos água e por essa razão sentimos sede com menos frequência. Mas nosso corpo precisa de água para realizar todas as suas funções com perfeição. Beba de 2 a 3 litros de água por dia. Aproveite também o frio para consumir chás fitoterápicos e lembre-se: nunca junto ou próximo das refeições.

●Vitaminas A e C:
As frutas e vegetais como laranjas, tangerinas, toranjas, cenouras, couve, kiwi, couve-flor, brócolis, couve de bruxelas, salsa e espinafre são ricos em ambas as vitaminas.

●Reduza óleos e açúcares:
No inverno o metabolismo aumenta a queima energética por ter a responsabilidade de manter órgãos aquecidos e uma temperatura corporal adequada, sendo assim, uma dieta controlada em gorduras e restrita em açucares, irá facilitar mais o processo de emagrecimento e/ou manutenção de peso

●Ácidos graxos e vitamina D:
Peixes como salmão e arenque são excelentes fontes de ômega 3 e vitamina D. No inverno, geralmente ficamos menos expostos à luz solar e consequentemente ficamos carentes em vitamina D. A exposição ao sol, por 15 minutinhos diários irá ajudar na reposição da vitamina D.

●Molhos naturais:
Evite molhos prontos industrializados. Prefira molhos naturais feitos com baixo teor de gordura ou leite desnatado.

●Bons carboidratos:
Cereais integrais, frutas e legumes aumentam a serotonina (por sua grande maioria serem fonte de triptofano) e dão mais saciedade.

●Vitaminas do complexo B e ácido fólico:
Também ajudam a aumentar os níveis de serotonina. Folhas verdes escuras como couve, brócolis, espinafre, são excelentes fontes de baixas calorias desses nutrientes.

●Aumente o seu ferro:
Comer alimentos ricos em ferro, como carnes magras e ostras vai combater a fadiga, uma condição intimamente ligada à depressão e ganho de peso.

●cuidado com sua refeição realizada após às 20:00:
Lembre-se, seu metabolismo fica mais lento à noite! E não há necessidade alguma de consumir alimentos gordurosos e/ou ricos em carboidratos. Prefira as proteínas magras, vegetais com baixo teor de carboidratos. Invista em sopas de vegetais e carnes magras, vegetais refogados com carnes, omeletes com vegetais, além de saciar e ser saboroso, irá contribuir para uma boa noite de sono e o controle de seu peso.


Copyright © 2016 nutriroberta.com.br
Inovando Sìtes Criação e Desenvolvimento de Sites em Porto Alegre RS