SUPERALIMENTOS - Gengibre

SUPERALIMENTOS - Gengibre
O gengibre é uma raiz que possui mais de 400 princípios ativos descongestionantes, expectorantes, digestivos e tônico. Muito recomendado para problemas gastrointestinais, o gengibre inibe e ameniza enjoos, gases e náuseas provocadas pela quimioterapia. Este elemento natural também é poderoso contra cólicas menstruais, mau hálito e excelente contra a ressaca. Suas características anti-inflamatórias aliviam incômodos provocados pela artrite, por dores musculares, infecções respiratórias, tosse e bronquite.
No caso do alívio de enjoos, outro ponto a favor é o fato de ele não produzir efeito sobre o sistema nervoso central, apenas sobre o sistema digestivo, ao contrário da maioria dos remédios utilizados para esse fim.
O gengibre é um alimento o qual possui um baixo valor calórico, além de conter alguns minerais importantes (como magnésio e potássio) e vitaminas (folato e vitamina B6). O gingerol é uma das substâncias ativas presentes no gengibre com ações benéficas ao organismo: antioxidante, antifúngico, anti-inflamatório, analgésico, antipirético, inibe a agregação das plaquetas evitando o aparecimento de trombos, ação cardiotônica, efeito protetor de células nervosas contra doenças degenerativas e atividade protetora contra câncer.
O National Institutes for Health (NIH) publicou pesquisa em relação ao auxílio do gengibre na redução das cólicas abdominais no período menstrual das mulheres. As participantes ingeriram durante três dias, quatro vezes ao dia, 250 mg de gengibre. Do total de participantes, 62% relataram que as dores foram minimizadas.
Em outro estudo foram entrevistadas pessoas com osteoartrite, doença degenerativa das articulações, e o gengibre mostrou-se mais uma vez eficaz na redução das dores. Os participantes ingeriram continuamente 250 mg de extrato de gengibre, quatro vezes ao dia, e após três meses de tratamento as dores suavizaram.
Conforme a publicação da Advanced Nutrition: The Macronutrients, da autora Carolyn Berdanier, o gengibre possui a capacidade de acelerar o metabolismo entre 2% e 5% e, consequentemente, queimar calorias. A substância responsável pela ação termogênica, que mantém o metabolismo acelerado para obter a maior queima calórica, é o gingerol. As propriedades termogênicas são potencializadas quando, junto ao gengibre, são acrescentados açafrão, alho, canela ou pimenta.
Naturalmente, a ingestão de gengibre auxilia na perda ou manutenção do peso, porém, para tornar-se plenamente eficaz, é necessário aliar essa estratégia à prática de exercícios físicos, sem esquecer-se de adotar hábitos alimentares saudáveis. O esforço para firmar parceria entre essas três medidas é extremamente válido, afinal o tempo para atingir o resultado esperado reduzirá significativamente.
É necessário ressaltar que se deve tomar cuidado com o consumo excessivo de gengibre, pois alguns estudos mostraram que a alta ingestão pode provocar efeitos adversos, como aborto em mulheres principalmente no início da gestação, aumento do fluxo sanguíneo nas mulheres em período menstrual, surgimento de quadros de úlceras, azias e gastrite, aumento de cálculos renais e prejuízos nos receptores do hormônio sexual masculino (testosterona) nas células do organismo do bebê durante a gestação, afetando a diferenciação sexual biológica da criança. Portanto procure um profissional nutricionista para uma orientação adequada para cada caso específico.

Referências

Food.com. Disponível em: http://www.food.com/library/ginger-166

Mansour MS, Ni YM, Roberts AL, Kelleman M, Roychoudhury A, St-Onge MP.Ginger consumption enhances the thermic effect of food and promotes feelings of satiety without affecting metabolic and hormonal parameters in overweight men: a pilot study. Metabolism. 2012 Oct;61(10):1347-52.

Medline Plus. U.S. National Library of Medicine. National Institutes for Health (NIH).

Copyright © 2016 nutriroberta.com.br
Inovando Sìtes Criação e Desenvolvimento de Sites em Porto Alegre RS